Início » , , » Pirajuiense aplica diversos golpes na região

Pirajuiense aplica diversos golpes na região

Pirajui por Obirosca Pirajuí em 31 de julho de 2014 | 22:30:00

Homem passava-se por funcionário de concessionária, simulava interesse em alugar máquinas e pedia dinheiro das vítimas para intermediar contrato

A Polícia Civil investiga nova modalidade de golpe aplicado por morador de Pirajuí.

Segundo a polícia, ele contatava empresários do ramo de locação de máquinas que anunciam na internet simulando ser funcionário de concessionária e dizia que a empresa estava interessada no serviço.

Para intermediar a contratação, pedia o depósito de uma garantia e de sua comissão.

Pelo menos dez empresas podem ter sido enganadas pelo golpista, que já foi identificado.

Segundo o delegado titular de Pirajuí, César Ricardo do Nascimento, uma das vítimas do estelionatário é um comerciante de Bauru.

No mês passado, uma pessoa que identificou-se como Paulo telefonou para ele dizendo que era funcionário de uma concessionária e que um engenheiro da empresa estava interessado em firmar contrato de locação de máquinas para recapear 560 quilômetros de rodovia.

Para que o acordo fosse firmado, o golpista pediu ao comerciante o depósito de R$ 2 mil na conta do suposto engenheiro e mais R$ 3 mil, que seria sua “comissão”. “Paulo” chegou a ir até a empresa da vítima, onde lhe mostrou o contrato.

No dia 1 de julho, os R$ 2 mil foram depositados. No mesmo dia, o suposto funcionário levou o comerciante até a sede da concessionária para assinar o contrato.

Lá, ele recebeu R$ 3 mil e foi embora, alegando que não poderia acompanhar as negociações. Após aguardar na recepção por alguns minutos a chegada do suposto engenheiro, o comerciante descobriu que não havia ninguém na empresa com o nome que lhe informaram e que havia caído em um golpe.

Plano
De volta a Bauru, a vítima decidiu armar um plano para tentar achar o estelionatário. Usando nome e número de telefone diferente, ele fez um novo anúncio na Internet e, ontem, recebeu a ligação de uma pessoa que, novamente, identificou-se como Paulo. Após ouvir a mesma história, o comerciante marcou encontro com o golpista em um posto de combustível em Pirajuí.

A Polícia Rodoviária foi avisada e Paulo, que na verdade se chama M.B.N.J., acabou detido. Na carteira dele, os policiais encontraram cartão bancário no nome do suposto engenheiro. Ele foi conduzido à delegacia, onde prestou depoimento e confessou a prática de diversos golpes. Segundo o delegado, um inquérito foi instaurado para apurar o caso.

“Com a documentação apreendida em poder dele, também havia caderno de anotações com os nomes de várias empresas que, provavelmente, também foram vítimas”, conta. Nos próximos dias, o delegado irá ouvir os empresários para apurar se eles chegaram a ser enganados pelo investigado, que responde a outro crime em regime aberto.

Fonte: Lilian Grasiela - www.jcnet.com.br

6 comentários:

  1. Quem é o tal de MBNJ?

    ResponderExcluir
  2. quem é o MBNJ precisamos saber para ficar esperto

    ResponderExcluir
  3. conta o milagre mais não fala o nome do santo

    ResponderExcluir
  4. vamos abrir o olhos policiais esta de volta a nata do trafico na cidade os traficantes estao todos aqui de novo

    ResponderExcluir
  5. e o papada ,ninguem prende boca podre so que aplica golpes ,,,,, mora aqui na favela que e essa aclimacao ........................ lugar onde so tem bandidos..............

    ResponderExcluir
  6. Vi o la lau hj, ele ta tão queimadinho ta parecendo um torresmo.

    ResponderExcluir