Início » , , » Até 2015, Pirajuí e região terão tratamento de esgoto

Até 2015, Pirajuí e região terão tratamento de esgoto

Pirajui por Obirosca Pirajuí em 30 de março de 2014 | 13:10:00

O tratamento de esgoto foi por muito tempo o espinho na garganta dos prefeitos. Serviu de bandeira e promessas em muitas eleições, mas não saía do papel. O motivo alegado era sempre a falta de recursos financeiros.
A ‘ficha’ dos administradores caiu quando as empresas privadas passaram a não instalar suas filiais em municípios que não tratavam o esgoto.

A partir daí, eles correram atrás e, através do Programa Água Limpa do governo do Estado, estão conseguindo construir estações de tratamento de esgoto.

Quem mais agradece são os córregos e rios da região que estão recebendo toneladas de carga orgânica. Com as novas estações de tratamento, algumas com previsão de entrar em funcionamento ainda este ano, o Rio Tietê e Batalha, especialmente ficarão menos poluídos.

De acordo com a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), são sete cidades da nossa região que já estão com o projeto licenciado e com prazo de entrega da estação de tratamento. São elas: Agudos, Barra Bonita, Borebi, Itapuí, Paulistânia, Pirajuí e Reginópolis.

Em Barra Bonita, a estação de tratamento está na segunda fase. Emissários estão sendo construídos e o prazo de julho deste ano está mantido. Atualmente o munícipio trata somente 15% de sua carga orgânica em lagoas de decantação.

Na cidade de Agudos, a construção da estação de tratamento teve início em abril de 2013 e faz parte do pacote de 16 obras para ampliação dos sistemas de esgoto na região de Botucatu. O investimento compreende quatro unidades de bombeamento.

Borebi aguarda o começo da obra que irá beneficiar os 2.100 moradores. Atualmente a cidade conta com três lagoas de decantação, porém, elas estão saturadas e a carga orgânica é lançada praticamente in natura em córregos que cortam o município. O tratamento foi projetado para atender por 30 anos a cidade, que nesse período poderá ter 2.500 habitantes.

Itapuí terá uma estação de tratamento do tipo compacta e projetada para beneficiar 15 mil habitantes. O município considera que é uma megaobra, já que o custo atingirá os R$ 8 milhões. A previsão de entrega é em 2015.

No próximo mês deverão ter início as obras da estação de tratamento na cidade de Reginópolis. Com capacidade para atender até 10 mil habitantes, terá um custo de R$ 3,5 milhões e é compacta.

Em Reginópolis, obra da unidade ‘compacta’ deve começar em abril
No próximo mês deverá ter início a construção da estação de esgoto da cidade de Reginópolis. Do tipo compacta, ela tratará 100% da carga orgânica do município até que ele atinja o dobro de moradores, muito possivelmente em 30 anos.

Projetada para 10 mil habitantes, a obra tem custo em torno de R$ 3,5 milhões. Os recursos são estaduais através do Programa Água Limpa, com custo zero para o município, enfatiza o engenheiro municipal Nadir Navarro Dias de Freitas.

“O local já foi escolhido, será no prolongamento da rua padre Jeremias, próximo da cidade. Como não é o sistema de lagoas de decantação, não causa cheiro. Fica perto do córrego Água da Corredeira, que deságua no Rio Batalha.”

A previsão é de que em 12 meses a estação esteja pronta. “A obra deve começar em abril e em 12 meses deverá estar em funcionamento. Foi projetada para 10 mil habitantes, atualmente a cidade tem cinco mil. É a maior obra dos últimos 50 anos.”

O município comemora a instalação. “Estamos ansiosos para tratar o esgoto da cidade. Vai beneficiar o meio ambiente em primeiro lugar. Depois, vai influenciar na saúde e na qualidade de vida dos moradores. Muitas empresas deixam de se instalar nas cidades q não apresentam tratamento de esgoto. Nós não conseguimos nem aprovar loteamento.”

Fonte: Rita de Cássia Cornélio - www.jcnet.com.br

4 comentários:

  1. a lagoa daqui ta osso pra terminar, não verbas que possa fazer funcionar a lagoa.

    ResponderExcluir
  2. a lagoa ta prontinha lá so falta fazer o encanamento pra levar o esgoto td pra lá
    o Jardel deixou quase td prontinho falta pouco ñ sei pq ainda ñ ta terminado

    ResponderExcluir
  3. Ei na campanha Eleitora la no Jardim Aclimaçâo a Prefeita Eleita disse que já poderiamos Beber as AGUAS DO RIO BOSTEIRO Doradinho ,mas até hoje não se vê nadasó se vê o Saae desentupindo a Tubulação proximo ao Saae esta é mais uma Obra do ex que vai ser Inalgurada até o Fim do Mandato FARÔNICO DA JUJU !

    ResponderExcluir
  4. porque ela não bebeu a aqua pra confirmar o que afirmou; ela não é boba.

    ResponderExcluir