Início » , , , » Menino de 6 anos é atropelado por moto em Pirajuí

Menino de 6 anos é atropelado por moto em Pirajuí

Pirajui por Obirosca Pirajuí em 13 de julho de 2013 | 06:14:00

Um garoto de 6 anos foi atropelado por uma moto na tarde de ontem, na rua Treze de Maio, Centro de Pirajuí. Ele passa bem.
Segundo testemunhas, o acidente aconteceu após a criança atravessar sozinha uma das ruas mais movimentadas do município para encontrar a mãe do outro lado.

O pai, alterado, agrediu o condutor da moto com um soco no rosto.

A vítima foi socorrida pelo serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) sem graves lesões e encaminhado ao Pronto-Socorro de Pirajuí.

Fonte: www.jcnet.com.br

11 comentários:

  1. nessa rua tem faixa de pedestre, porque a mãe não ensinou o filho atravessar na faixa? ou a mãe fosse de encontro do filho, sobre a agreção fisica entre na justiça, pois quem tava na rua era a criança, e não o motoqueiro na calçada.

    ResponderExcluir
  2. Noticia mentirosa..a criança estava parada do lado do carro da mãe...iria atravessar para ir ao Rafa Games..esse motoqueiro infeliz ultrapassou um onibus numa alta velocidade jogando a criança longe ..mais ou menos 3m...e caindo proximo ao nosso carro..estavamos lá e nós q socorremos a criança ate o SAMU chegar...vimos td....concordo com a informação de q a mãe deveria estar com a criança, mas se o motorista da moto estivesse numa velocidade compativel ao local e não ultrapassase pelo lado errado, não teria acontecido algo, sem contar acom pessoas q estavam próxima qrendo achar q td q aconteceu era normal, (O VENTO DA MOTO Q ATROPELOU O MENINO)defendendo o tal motoqueiro, qria ver se fosse com um filho dela, sendo q essa pessoa chegou depois do ocorrido...ISSO É PIRAJUÍ..ISSO É BRASIL>>>> Um erro não justifica o outro...

    ResponderExcluir
  3. Todos estão errados. Os motoqueiros, por excelência, pensam que são os donos do mundo. Os pedrestes, por seu turno, se esqueceram completamente de uma regra básica, que eu aprendi ainda criança: não atravessem ruas sem olhar para os dois lados.

    No meu medíocre entendimento, motoqueiro tem que se inteirar de que ele não é o dono da rua: os motoristas, quando ao volante de seus carros, devem se inteirar de que as ruas não são pistas de corridas e os pedrestes, por seu lado, tem tanta responsabilidade quanto os demais em todos os acidentes de trânsito.

    Quanto a aludida agressão física praticada pelo pai da criança, ele está errado. Existe justiça para tratar do caso.

    ResponderExcluir
  4. motoqueiro não respeita nem os carros da auto escola.na na esquina do parque na rua treze de mais o motoque entra na frente do carro da auto escola.sabendo qe os alunos la estão aprendendo.qase cansando um acidente.

    ResponderExcluir
  5. Essa coisa de "motoqueiro" (esse codinome me dá nojo) andar voando nas ruas da city já virou moda e ninguém faz nada pra coibir. Quem já não presenciou um desses entregadores de lanche, entregadores de gás, água, praticamente voando baixo, e com umas motos que estão se desmanchando sozinhas de tão velhas. Venham até o Jd. Europa no domingo a tarde pra verem e conferirem. A coisa é bem feia. Os cuidados tem que ser redobrado principalmente na hora de atravessar a rua.

    No caso da criança em questão, pelo que estou lendo esse relato ai é confuso e até contraditório quer dizer que:

    "a criança esteve a poucos segundos de ser atropelada pelo ônibus?"
    "a moto fez uma ultrapassagem pela direita?"
    "a final de contas a criança realmente correu pra atravessar a rua ou estava parada ao lado do carro do lado da rua?

    Me perdoe mas tente explicar melhor pra gente

    ResponderExcluir
  6. bom criança é sem noção msm quem deveria olhar e segurar ele era o pai que tinha que ter pego na mão da criança
    mais os pedreste acham que é dono da rua nas vilas eles andam no meio da rua e os carros que desviam depois que um é atropelado a culpa cai sobre o condutor

    ResponderExcluir
  7. Ando devagar e sempre... mas se tem algum pedestre que vem em minha direção andando no meio da rua e se fazendo de conta que não está me vendo, eu paro o carro "no meio da rua" até que ele desvie do carro.

    São forgado pur dimais... nas vilas isso é bem comum...

    ResponderExcluir
  8. O mais errado é a mãe.
    Ônibus, carros e motos andam mesmo é na rua, o perigo é constante,
    não adianta por placa, lombada ou multa.
    Porque só um idiota não sabe que rua é perigoso.
    Coisa de cidade pequena e gente sem noção.
    A mãe tem de cuidar de seu filho, se ele morre é culpa da mãe
    Ou então tenta atravessar a Rondon, ninguém faz isso é claro
    Scania não tem freio.
    E digo mais vai ter muitos acidentes nessa cidade
    porque lugar de pedestre é na calçada,
    então mas Pirajuí não tem calçada.
    EHR

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai. Se. Ferrar. Qeria. Ver. Se. Fosse. Kom. Seu. Filho. Meu. Filho. Olhou. Para. Atravessar. Mas. Esses. Infelizes. So. Sabem. Andar. Igual. Loukos....depois. fikam. Qerendo. Arrumar. Kulpados...foi. responsavel. I. Pronto...testemunhas. nao. Faltam. Que. Viram. Td...jogar. o. Menino. A. Distancia. Que. Jogou. E. Falar. Que. Nao. Estava. Correndo. Ja. Eh. Demais. Neh...qando. vc. Nao. Sabe. O. Que. Fala. Fika. Queta. Ki. Eh. Melhor. Viu...

      Excluir
  9. a pessoa do dia 16 as 14:52 sou de são Paulo e gostaria de dizer que tenho medo de andar em pirajuí porque tem muita gente que anda como uns loucos pensando que a rua é só deles parece até que comprou a carta porque não respeita nimguem principalmente nas vilas que não tem fiscalização

    ResponderExcluir
  10. moro em Pirajuí há 15 anos e a verdade é uma só, motorista não tem educação,não da preferencia e nem respeita pedestre, por outro lado pedestre tbm não tem educação só anda no meio da rua e nunca pela calçada mesmo onde tem calçada pra andar, o mesmo acontece com os motoqueiros, resumindo Pirajuí é uma cidade sem educação.

    ResponderExcluir