Início » , , , » Pronto Socorro de Pirajuí fica 12 horas sem médico

Pronto Socorro de Pirajuí fica 12 horas sem médico

Pirajui por Obirosca Pirajuí em 24 de junho de 2013 | 06:41:00

Ontem, das 7h às 19h, quem precisou de atendimento médico no Pronto-Socorro (PS) da Santa Casa de Pirajuí teve que voltar para casa ou procurar o serviço de urgência e emergência em cidades vizinhas.
De acordo com o provedor da Irmandade da Santa Casa, Darci Álvaro Marques, a médica escalada para o plantão avisou no sábado à tarde que não iria trabalhar e não foi possível contatar outro profissional.

O balconista Rodrigo Alves Pereira conta que a sua esposa procurou atendimento na unidade, por volta das 7h30, após sentir fortes dores no pescoço e ficar com a coluna “travada”. “Eles mandaram ela voltar para casa. Aí eu fui na farmácia, comprei um remédio para dor, mas a dor não passou e precisamos voltar no hospital”, diz.

O retorno ocorreu por volta das 18h30, mas, segundo Rodrigo, ela só foi atendida após às 19h30, quando o novo médico chegou para assumir o plantão. “Eles não queriam fazer a ficha dela até chegar o médico”, revela.

Segundo a prefeita Juliana Nagano (PR), o município repassa à irmandade o valor de R$ 125 mil por mês para manter o PS. “A responsabilidade do PS é da Irmandade da Santa Casa, com a ajuda financeira da prefeitura”, explica.

Ela ressalta que, no sábado, durante reunião com o provedor da entidade, ele falou sobre a dificuldade que eles estavam encontrando para contratar médicos interessados em fazer plantões aos finais de semana.

Para tentar solucionar o problema, a prefeita revela que o município concordou com proposta da Santa Casa de aumentar o valor do plantão aos domingos de R$ 800,00 para R$ 1.200,00.

De acordo com o provedor, a escala de médicos plantonistas contempla os próximos 15 dias. “Ontem, a médica que estava na escala ligou e disse que não iria poder vir”, declara.

Ele alega que o aviso em cima da hora impediu que um novo profissional fosse acionado. “O valor que a gente paga para plantonista é R$ 800,00 por doze horas. Eu passei a oferecer R$ 1.200,00 e não achei nenhum”, afirma. “Durante o dia, eu liguei para saber se tinha algum caso grave, mas não tinha tido nenhum caso grave”.

Segundo Marques, o fato da médica ser uma profissional liberal e não possuir vínculo empregatício com a Santa Casa ou com a prefeitura impede que ela sofra alguma punição.

Ele conta que, neste mês, esse já é o segundo domingo em que o PS fica sem médico. “Lamentavelmente, acontecem essas coisas, que não dependem da gente”, desabafa. “E infelizmente, a população é que sofre”, contou o provedor.

Fonte: Lilian Grasiela - www.jcnet.com.br

21 comentários:

  1. R$1.200,00 por 10 horas de trabalho e não querem?
    Quem venha os cubanos então.

    ResponderExcluir
  2. OS MEDICOS DE PIRAJUÍ DEVERIAM ASSUMIR O PLANTÃO QUANDO SE TEM UMA EMERGENCIA ASSIM .......

    ResponderExcluir
  3. então não foi a segunda ves porque estive ai em pirajuí num domingo e não tinha medico pra mi atender nem particular quanto mais publico eu tenho ate medo de ir pra pirajuí e precisar de medico a coisa ta feia ai

    ResponderExcluir
  4. Ta certo Dilma trazer medico de fora se os brasileiros nao que 1.200,00 os estrangeiros que de serviço pra quem que trabalha , sem medico e que nos nao devemos fica !

    ResponderExcluir
  5. procura o ministério público e faz a denúncia, mas vai logo antes que aprovem a pec 37.

    ResponderExcluir
  6. A maioria dos trabalhadores recebem apenas um salário mínimo para trabalhar o mês inteiro, inclusive aos sábados, e os médicos dispensam R$ 800,00 por plantão?!
    Por falar em médico, a Santa Casa deveria procurar por um otorrino urgentemente.
    Ninguém merece ter que procurar por esse profissional em outra cidade.

    ResponderExcluir
  7. isso é uma pouca vergonha

    ResponderExcluir
  8. kadê os cubanos,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,

    ResponderExcluir
  9. os medicos cubanos são preparados para atender ate em situação de guerra.
    os medicos brasileiros estão dispensando ate R$1200,00 por dia.
    que venham os cubanos.

    ResponderExcluir
  10. q saudade do neguito

    ResponderExcluir
  11. durante a semana tem dois médicos durante o dia, por que também nos domingos não pode ter dois profissionais, mesmo que um falte, vai ter outro no estepe, o custo vai aumentar só 3.200,00 por mês, é pouco para o volume financeiro que a prefeitura repassa, se não entender eu desenho...

    ResponderExcluir
  12. O problema ta na administração do pronto socorro, nós municipes repassamos a verba do mes, que não é pouco pela quantia em reais.

    ResponderExcluir
  13. Medico no Brasil esta cada dia mais caro.
    O sistema de saude esta sendo estrangulado por causa disso.
    E o pais não tem condições de formar mais profissionais da noite para o dia.
    Que venham os cubanos.

    ResponderExcluir
  14. É um absurdo! os medicos locais tambem (do Brasil) não querem assumir o PS pq é bucha, mas os fixos que a prefeitura paga nas especialidades deles, no centro de saude, nas cadeias, nos atendimentos relampagos isso eles querem pq nao da trabalho. Pra trabalhar em Pirajui em qualquer outro lugar da saude o medico tinha que dar plantao no PS do hospital. R$ 800 e R$ 1200 por plantao de 12 horas dá muita grana é o salário medio mensal de muitas famílias de nossa cidade. Que juramento eles fizeram? Que etica capitalista é essa? E a irmandade pq quer ficar com isso por status e pra garantir que os amigos medicos do Brasil possam continuar comendo carne sem roer o osso. Os medicos de fora viajam e ganham o plantao que é muito bom o valor, mas nao tem vinculo do centro de saude por exemplo pra permanecerem e estabelecerem aqui fica dificil pq so tem o PS que da trabalho, os atendimentos mais faceis estao para os tradicionais da cidade que nao querem o PS. A prefeitura deveria assumir o PS pois paga e muito caro pra santa casa mas se esta nao cumpre bem seu papel deve assumir e a santa casa deve deixar o social de lado e ter a dignidade de nao fazer negocio com o hospital e devem sim entregar a administracao para quem tem competencia e peito pra comprar a briga para fazer os medicos daqui trabalharem, hoje eles agem como se a falta de medicos nao fosse responsabilidade deles e o juramento senhores? O valor pago em Pirajuí e melhor que na região. Os medicos nao se comprometem, dizem que ate mandam dizer que nao estao e estao dormindo, como a administracao da santa casa permite isso? Permite pq nao sao eles que sofrem é o povo. A santa casa nao tem que ter provedor para posar de bom samaritano, tem que ter administrador. Assumam a responsabilidade, prefeitura faça um bom pronto socorro e irmãos vão caçar tatu pra se aparecer! Que venham os ticanos!

    ResponderExcluir
  15. caraca
    não sei quem e esse anonimo das 11:01
    mas falou tudo
    que vengan los irmanos
    se os cubanos não falam portugues
    nos falamos portunhol

    ResponderExcluir
  16. podia passar o pronto socorro, pra fifa cuidar viram as reformas que foram feitas nos estadios da copa de 2014?? penssem nisso.

    ResponderExcluir
  17. A presidenta Dilma disse que vai importar médicos cubanos para melhorar a qualidade da saúde. Os nossos médicos são de qualidade, o SUS da presidenta é que não é de qualidade, seus hospitais não são de qualidade, o seu governo não é de qualidade. O dia que a senhora presidenta fizer uma ficha de consulta num PS do SUS, se internar num hospital público, entrar na fila para retirar um remédio do SUS e falar que isso é qualidade nós voltaremos a conversar. Não cuspa na nossa cara e não pise no nosso diploma. Não culpe os médicos pela sua incompetencia. O BRASIL NÃO ESTÁ EM BOAS MÃOS.

    ResponderExcluir
  18. Trazer médicos para melhorar a qualidade do atendimento médico é o mesmo que trazer cozinheiros estrangeiros para acabar coa a FOME. Deixa-los para trabalhar sem cozinha, sem fogão e sem alimento para ser preparado.

    ResponderExcluir
  19. os plantões do ps de pirajuí deveriam ser feitos por médicos da cidade, que se beneficiam do hospital para realizarem cirurgias e outros procedimentos em seus pacientes particulares ou de convênios faturando alto com isto. Portanto,para usufruir deste benefício teriam que, em contra partida dar plantões, mesmo que remunerados. Não dá plantão, não tem direito ao uso do hospital.

    ResponderExcluir
  20. voce das 18:15, isso é verdade se os medicos que tirão ou tirarão proveito, não derem os plantões deveria obrigar quem autoriza, ou autorizava eles tirarem proveito a a pagarem os plantões, pois quem sempre paga e não tira o proveito e sim o seu direito é nós o povo.isso é vergonhoso e desrrespeitoso.

    ResponderExcluir